Precisamos estar atentos para a Reforma Trabalhista com o objetivo de garantir os nossos direitos

Precisamos estar atentos para a Reforma Trabalhista com o objetivo de garantir os nossos direitos

Em meio as discussões sobre a Reforma Trabalhista, e sem um cenário definido, o diretor do Sindicato dos Médicos José Menezes, o entrevistado desta terça-feira, 2, na ‘Voz do Médico’, chamou a atenção para as perdas que a categoria médica possa ter e faz uma explanação sobre a atual situação da conjuntura da política sindical brasileira.

Segundo José Menezes, categoria médica está sofrendo a transição como todos os trabalhadores brasileiros. “Agora que nós estamos sob a égide da Reforma Trabalhista nós estamos verificando que os patrões estão implementando o que a reforma trabalhista permite para eles e nós, estamos verificando que há sempre um ganho para o patronato e para o trabalhador grandes perdas, infelizmente”.

Para Menezes diante desse quadro que está sendo desenhado não há muitas perspectivas; uma vez que o governo Federal que ai está é novo e liberal, além de tudo declaradamente antisindical. “Nós estamos diante de um novo governo altamente liberal e declaradamente antisindical, chegando ao ponto de demitir um ministro por achar que ele teve um comportamento de sindicalista. Com essa atitude o presidente colocou de público que não gosta das pessoas que trabalham como sindicalistas”.

Menezes ainda colocou que o governo Federal não quer que a contribuição chegue ao seu destino, como forma de impedir que a classe trabalhadora lute em função de garantir os seus direitos. “Nós devemos estar preparados para isto; nós sabemos que o presidente chegou ao governo de uma maneira que foi surpresa e houve uma mudança de paradigma e o Brasil está se reestruturando”, colocou.

Postura

De acordo com o diretor sindical, a nível local, esse cenário exige uma união de todos os médicos e que procurem o Sindicato, que fortaleçam porque na hora de enfrentar o patronato deve ser o Sindicato na linha de frente e não o médico individualmente.

“Você médico de todo o Estado sindicalize, fortaleça o seu Sindicato porque a terceirização é uma verdade que ai está. Senhor prefeito já implantou no hospital Zona Norte. Nós temos muitas questões para dizer que diante destas perspectivas, nós esperamos que o concurso que está sendo programado pelo governo federal realmente aconteça para poder levar os médicos a todos os municípios em que não tem este profissional”.

 
 

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 99971-6742