COMUNICADO CONJUNTO DAS MOBILIZAÇÕES DOS EMPREGADOS DA EBERSH

COMUNICADO CONJUNTO DAS MOBILIZAÇÕES DOS EMPREGADOS DA EBERSH
 
Considerando a decisão desproporcional que o TST concedeu por liminar proferida pela Ministra Delaide Arantes, atendendo solicitação da EBSERH, de Dissídio Coletivo de Greve, onde na decisão determina que sejam mantidas trabalhando um percentual de 80% dos Empregados da área Administrativa, e 100% das áreas médicas e assistenciais, as entidades sindicais nacionais;
 
A CONDSEF/FENADSEF, CNTS, FENAM, FNE e FENAFAR reuniram as suas assessorias jurídicas, as quais já estão viabilizando todas as providências legais junto ao TST, bem como em cumprimento a decisão judicial. Realizamos uma reunião no dia 17/05, e transformamos o comando nacional de greve, em Comando Nacional de Mobilização Unificado, e orientar o que se segue:
 
* As entidades sindicais nacionais estão trabalhando e atuando no sentido de que todo o processo do ACT, que está sendo conduzido pelo TST, seja concluído com os dois acordos coletivos de trabalho pendentes, isto é os de 2020/2021 e 2021/2022;
*Trabalhar a unificação das propostas do ACT do período de 2021/202;
*Trabalhar de forma unificada no âmbito nacional e local em todas as etapas do processo de mobilização da categoria dos empregados da Ebserh, quais sejam:
- Mobilizações semanais com realização de carreatas, atos, panelaços, doações de sangue, arrecadação dec alimentos para doar a população mais carente, etc;
-Construir um manifesto para distribuir junto à população;
- Organizar a realização de campanha de divulgação nas redes sociais e mídias locais;
-Organizar divulgações com, faixas, vídeos, cartazes, praguinhas, cards, hashtags, etc;
-Procurar apoios dos senadores e deputados;
-O Comando nacional de Mobilização realizatá reuniões semanalmente, sempre as segundas-feiras, ou excepcionalmente a qualquer momento. E orientamos que os comandos estaduais de mobilização também se organizem dessa forma para manter o processo de organização e mobilização das próximas etapas, e que a categoria permaneça em estado de greve permanente.
* A finalidade e função do comando nacional de mobilização serão de organizar e orientar atividades de mobilização como os detalhados acima.
*Aprovamos o seguinte calendário de atividades para a continuidade das mobilizações:
Dia 20/05 (quinta-feira) - dia nacional de mobilização em todos os locais de trabalho, com realizações de atividades conjuntas, no horário da manhã, entre as 8 e 10 horas, ficando o critério das comissões locais observar o melhor horário;
Dia 21/05 (sexta-feira) - Plenária Nacional dos Empregados da Ebserh, às 20 horas, para continuar debatendo o processo de organização e mobilização da categoria;
 
A Avaliação do comando nacional é que a nossa greve não foi derrotada, d só estamos dando um passo atrás por conta dessa decisão judicial, mas o importante será manter em curso o processo da mobilização da mesma forma como foi construído até agora.

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 99971-6742