Sindimed, Somese, CRM e CFM cobram da secretária de Estado da saúde agilidade no processo de vacinação

Sindimed, Somese, CRM e CFM cobram da secretária de Estado da saúde agilidade no processo de vacinação
 
Representantes das Entidades Médicas estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira, 4, com a secretária de Estado da Saúde (SES) Mércia Feitosa. A reunião se deu de forma virtual e serviu para pontuar algumas preocupações que as entidades estão tendo no processo da vacinação contra a covid-19.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe (Sindimed) Helton Monteiro, a primeira preocupação, que é unânime entre todas as entidades médicas, é a agilidade no processo da vacinação.
A segunda preocupação é que nesse momento os municípios tenham como meta priorizar os profissionais de saúde porque em algumas instituições existem profissionais em determinados setores que não foram vacinados, a exemplo do Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho e do Hospital Universitário (HU).
“Profissionais das enfermarias que não foram vacinados, profissionais do Cemar, enfim, a nossa preocupação é com todos os profissionais de saúde, não só os médicos mas enfermeiros, farmacêuticos, maqueiros, pessoal que trabalha na limpeza, recepção, todos que trabalham em hospitais”, colocou Helton Monteiro, salientando também a preocupação com os profissionais que trabalham nos ambulatórios e clínicas particulares que até o momento não foram contemplados mas que são profissionais importantes no combate à pandemia.
Foi abordada a questão da vacinação em alguns municípios de pessoas que não estão na linha de frente, mas em alguns municípios já foram imunizadas. "É preciso ter o bom senso e a clareza de dialogar com os municípios para priorizar realmente aqueles que estão na linha de frente, os profissionais da saúde”, salientou o presidente do Sindimed.
Ainda de acordo com o presidente Helton Monteiro, foi passada a informação de que a partir desta sexta-feira, em Aracaju, vai haver uma unidade de saúde aberta nos finais de semana para vacinar profissionais de saúde, proporcionando uma maior agilidade no processo.
A secretária se mostrou bastante solícita com a demanda das entidades para a realização da reunião, ouviu todos os representantes presentes e se mostrou também preocupada com esta questão da vacinação. “A reunião foi proveitosa e mais uma vez a secretária se mostrou colaborativa", ressaltou Argemiro Macedo, vice-presidente do Sindimed.
Para o representante do Conselho Regional de Medicina (CRM) Gustavo Moura, a reunião foi muito positiva e mostrou que as entidades médicas estão com o mesmo pensamento em prol dos trabalhadores da saúde e que a secretária comunga com este mesmo pensamento. “Isso é importante porque com a chegada das novas doses das vacinas espera-se que a prioridade realmente seja dos profissionais que estão na linha de frente e dos demais profissionais que estão nos ambulatórios públicos e consultórios particulares”, disse o representante do CRM.
Nesta sexta-feira representantes das entidades médicas irão na assembleia do Conselho dos Secretários Municipais do Estado (COSEMS) para reforçar todos esses pedidos e salientar que deve haver o cumprimento efetivo da primeira fase para que posteriormente se inicie a segunda fase. Além disso, as estruturas físicas do Sindimed, Conselho Regional de Medicina e Somese, foram colocadas à disposição para ajudar processo de vacinação.

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 99971-6742