Sindimed realiza Ato Público em protesto pelo impasse no Corte das Gratificações

Sindimed realiza Ato Público em protesto pelo impasse no Corte das Gratificações
 
Com a finalidade de sensibilizar o Governo do Estado, uma comissão de diretores do sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe (Sindimed) e médicos dos hospitais João Alves e do hospital de Itabaiana, participaram do Ato Público contra o Corte das Gratificações pelo Governo do Estado nos salários dos servidores estatutários.O Ato foi em frente à sede da Secretaria de Estado da Saúde, na manhã do dia 4 de dezembro, conforme deliberado previamente na última assembleia.
De acordo com o presidente do Sindimed José Helton, as gratificações viam sendo pagas, porém em plena pandemia, o Governo do Estado fez o corte, deixando os servidores estatutários com perdas salariais de até R$ 2 mil reais.
 
O ato teve como objetivo apelar para o bom senso da gestão à semelhança do que ocorreu em 2018 quando uma comissão criada com o aval do Governador conseguiu resolver distorções no tocante à diferença de pagamentos das gratificações entre os profissionais.
 
Após o ato que durou cerca de duas horas, a comissão tentou uma reunião com a secretária Mércia, mas foi recebida pelo diretor jurídico da SES, Breno Messias, mas sem avanço na negociação.
 
Os médicos continuam em estado de mobilização e uma nova assembleia está marcada para a próxima quarta-feira, 9, às 19:00 horas, com indicativo de paralisação.

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 99971-6742