ELEIÇÕES NO SINDIMED ACONTECEM NESTA SEGUNDA E TERÇA-FEIRA

O local de votação será apenas na sede do Sindimed das 8h às 17 horas.

ELEIÇÕES NO SINDIMED ACONTECEM NESTA SEGUNDA E TERÇA-FEIRA
 
O local de votação será apenas na sede do Sindimed das 8h às 17 horas.
 
Os médicos filiados voltam ás urnas nesta segunda-feira, 14 de setembro e amanhã, 15, para eleger a Nova Diretoria que irá comandar o Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe (Sindimed) pelos próximos três anos (2020-2023). O pleito é formado por Chapa Única, 'Tecendo o Amanhã', que é uma composição com membros da atual gestão e novos, que terão como encargo nos próximos anos, continuar lutando em prol da valorização da Categoria Médica e manter os direitos conquistados da categoria.
A eleição ocorrerá das 8h às 17 horas, na sede do Sindimed,à rua Celso Oliva, 481. Diferente dos anos anteriores, não haverá urnas itinerantes e localizadas no hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), em decorrência da pandemia do Coronavírus.
De acordo com o candidato à presidência do Sindimed nesta eleição, o médico Helton Monteiro,que é o atual vice-presidente, dentre as propostas da nova gestão do Sindimed, que tem o intuito da manutenção da luta e também a ampliação dos direitos dos médicos. "Ainda temos alguns médicos que não tem a isonomia salarial na Prefeitura de Aracaju e também no Estado; vamos lutar pela previdência tanto do Estado quanto no município de Aracaju; precisamos aumentar o número de filiados, e de médicos que participem da nossa luta, mantendo a coesão".
Helton Monteiro ainda lembra que é necessário que o sindicato mantenha a sua independência e autonomia diante do quadro político que se estabelece. "O Sindicato dos Médicos teve sempre como característica, a autonomia, independente do governo que esteja no comando municipal e estadual, mantendo sempre um único partido, de ficar ao lado do médico e das lutas da categoria e da coerência".
Para o médico José Menezes a situação da categoria médica brasileira é preocupante; para ele isso é resultante da Reforma Trabalhista que deu muitos direitos aos patrões, empregadores à terceirizarem à saúde pública. "Esse é o grande problema que estamos tendo em Aracaju, onde os servidores públicos foram estimulados a fazer concursos e ultimamente o atual prefeito, terceirizou à saúde e por último a questão da previdência, onde o prefeito de Aracaju retirou a contribuição patronal até o final do ano".
 
José Menezes que por dois mandatos foi presidente do Sindimed, conclama os colegas médicos a participar das eleições para tornar o Sindimed uma instituição ainda mais forte para a categoria médica.

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 99971-6742