Sindimed envia ofício mais uma vez ao governador do Estado e a todos os Prefeitos.

Sindimed envia ofício mais uma vez ao governador do Estado e a todos os Prefeitos.

Preocupado com os problemas relacionados ao fluxo de pacientes graves ainda sem definição diagnóstica (suspeitos COVID-19), e uma falta de direcionamento por parte da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e das Secretarias Municipais de Saúde em harmonia com a SES, o Sindimed cobra efetivas soluções para tais problemas que estão afetando as famílias. Eis na íntegra o ofício encaminhado.

Aracaju, 26 de maio de 2020.

Ofício 012/2020 -ADMIN/SINDIMED

Senhor Governandor e senhores Prefeitos,

Diante de inúmeros problemas relacionados ao fluxo de pacientes graves ainda sem definição diagnóstica (suspeitos COVID-19), e uma falta de direcionamento por parte da SES e das Secretarias Municipais de Saúde em coharmonia com a SES, vimos cobrar efetivas soluções para tais problemas que estão afetando as famílias destes doentes, assim como os profissionais envolvidos na assistência que ficam por horas angustiados aguardando uma definição com a vida dos pacientes em risco, seja na Unidade Básica de Saúde, seja na residência do doente, seja Unidade de Pronto Atendimento, seja dentro de uma ambulância. Meses se passaram desde meados de março, quando as entidades médicas nos dias 19 e 20 de março, lançaram um comunicado público recomendando a definição de fluxo preferencial e prioritário para atendimento ou direcionamento desses pacientes.

Cobranças e mais cobranças ja foram feitas em reuniões por este sindicato com gestores quanto ao fluxo e quanto a disponibilidade de exames e agilidade nos resultados, sem maiores soluções, e urge que as autoridades sanitárias (Secretarias Estadual e Municipais de Saúde) tem a obrigação de definir os seguintes pontos:

1) organizar para onde direcionar de forma efetiva os pacientes que necessitam de leitos de enfermaria:
A) Pacientes COVID-19 positivo
B) Pacientes SUSPEITOS de COVID-19
C) Pacientes de outras patologias

2) organizar para onde direcionar de forma efetiva os PACIENTES GRAVES:
A) Pacientes graves COVID-19 positivo
B) Pacientes graves SUSPEITOS de COVID-19
C) Pacientes graves de outras patologias

3) Garantir extrema prioridade na realização dos exames de COVID-19 para PACIENTES SUSPEITOS GRAVES, assim como seu resultado sair dentro das primeiras 24h.

Desde já, aguardamos resposta e uma definição benéfica para a sociedade.

Atenciosamente,

João Augusto Alves de Oliveira
Presidente do Sindimed/SE

Luiz Carlos Spina Macedo
Secretário Geral do Sindimed/ SE

Com cópia para os Ministérios Públicos Federal, Estadual e do Trabalho visando uma cobrança em paralelo desses órgãos fiscalizadores.

Ilmo Dr. Flávio Pereira da Costa Matias
Procurador da República em Sergipe
Ministério Público Federal

Ilmo Dr. Eduardo Barreto D'Avila Fontes
Procurador-Geral do Ministério Público do Estado de Sergipe

Ilmo Dr. Alexandre Magno Morais Batista de Alvarenga
Procurador-Chefe do Ministério Público do Trabalho em Sergipe

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 99971-6742