Sindimed traz informações sobre diversos assuntos

Sindimed traz informações sobre diversos assuntos

O Programa semanal do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) apresentado todas as terças e sextas-feiras na CBN Aracaju trouxe hoje, 30 de julho, muitas informações através do seu entrevistado, o vice-presidente do Sindimed Helton Monteiro.

Uma das preocupações do Sindimed é como irá ficar os médicos após a mudança da Reforma Trabalhista. Pensando nisso, o Sindimed vai proporcionar um ciclo de debates com deputados federais e senadores para eles poder esclarecer alguns pontos. “Nós queremos dialogar com os deputados federais e senadores a respeito de alguns temas relevantes para a sociedade e para a categoria médica e categorias da saúde”.

Entre alguns temas a dirimir as dúvidas, o vice-presidente, exemplifica: “Queremos saber como nós (médicos) seremos tratados na Reforma, porque algumas categorias a exemplo dos militares terão alguns privilégios e os profissionais da saúde que estão na luta diária, as vezes com a falta de insumos, medicamentos, tentando amenizar a dor e salvar vidas, nós, não vamos ter privilégios”, frisa o entrevistado indagando, como será aposentadoria especial, a questão da insalubridade?

Além desse tema tão vigente, o Sindimed quer discutir com os parlamentares, a questão do refinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS). “Existe uma tabela do SUS que há mais de uma década está congelada. Alguns procedimentos, algumas consultas estão defasados, chegando a custar até R$ 10,00, como é o caso de uma consulta com o neurocirurgião”, coloca Helton Monteiro, salientando que os médicos também querem discutir com os parlamentares de Sergipe, a Carreira de Estado.

Segundo Helton, o Ministro da Saúde que também é médico, falou recentemente que pretende implantar a Carreira de Estado. “O que nós estamos vendo a exemplo de Aracaju, a Prefeitura quer privatizar, não faz mais concurso público. E ai, falamos agora justamente do hospital Nestor Piva”.

Ontem, 29, o Sindicato dos Médicos, através do seu presidente, junto com o Conselho Regional de Medicina foram fazer uma fiscalização no Nestor Piva. “Encontramos a mesma situação anterior. No dia 1 de janeiro deste ano, a Prefeitura de Aracaju alegou para privatizar a Unidade, anunciou que iria terceirizar porque não poderia mais ter profissionais trabalhado por Recibo de Pagamento Autônomo (RPA). Hoje, ainda encontramos médicos no Programa de saúde da Família (PSF) trabalhando por RPA, de forma irregular. E o Prefeito deixou a população quase 20 dias desassistida por dizer que não podia ter RPA”, explica Helton.

O Sindicato dos Médicos é veemente contra que haja médicos trabalhando com Recibo de Pagamento Autônomo. “Queremos concurso público imediato, não queremos privatização”. O Sindimed ganhou uma liminar já em segunda Instância e a PMA está descumprindo, onde a PMA deve imediatamente retornar todos os servidores ao hospital Nestor Piva e usar a empresa apenas para preencher escalas onde tiver médicos faltando. É importante que todos os servidores lutem pelas suas carreiras. São três anos sem reajuste.

Reunião
Nesta tarde, representantes do Sindimed vão se reunir com a diretoria do Hospital de Cirurgia para tratar do pagamento dos salários atrasados. “Nós ganhamos uma ação no ano passado, cerca de R$ 1 milhão de reais de pagamentos dos salários atrasados e hoje vamos negociar com o Cirurgia o pagamento destes salários”.

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 99971-6742