Em tempo junino é preciso redobrar os cuidados para evitar queimaduras

Em tempo junino é preciso redobrar os cuidados para evitar queimaduras

Em véspera de São Pedro, nada mais justo do que falar sobre os cuidados que devemos ter ao soltar fogos e ascender fogueiras para evitar as queimaduras; e, se as tiver, quais os procedimentos corretos a ser tomados como forma de inibir os danos causados pelas queimaduras. Pensando nisso, o Programa do Sindimed, ‘A Voz do Médico’ desta sexta-feira, 28, trouxe a diretora sindical, e médica Andreza Acioli para falar sobre este assunto.

De acordo com a médica o cuidado maior tem que ser no manejo dos fogos, utilizar luvas de preferência usar roupas de algodão e não de tecidos sintéticos, calça jeans, camisa de manga comprida e ter cuidado sempre de supervisionar as crianças próximas as fogueiras e quando eles forem soltar os fogos; como também no preparo dos alimentos quentes, que em tempo junino, a confecção de comidas típicas aumenta.

Andreza chama a atenção para os procedimentos que devem ser feitos caso o acidente aconteça. “Inicialmente resfriar o local da queimadura com água corrente, depois cobrir com o pano seco e limpo, nunca úmido e em seguida retirar todo o excesso de tecido que ficou aderido à pele ou na ferida e levar imediatamente ao hospital. Não utilizar nada caseiro e sempre levar ao hospital, para evitar uma possível risco de infecção”, enfatiza.

Em nosso estado o hospital de Urgências de Sergipe (Huse) está preparado para receber os pacientes com queimaduras. Existe uma Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ), com salas especiais para o atendimento e a unidade é coordenada pela Cirurgião plástica Moema Santana.

De acordo com as estatísticas, no ano passado as crianças ficaram com 50% dos casos de atendimentos de queimaduras; já este ano de 2019, houve uma redução neste percentual ficando em 30%, de acordo com a explicação passada pela médica Andreza. A médica explica que em casos de queimaduras podem acontecer algumas amputações de membros como dedo e mão e até a perda da visão.

Curiosidades

Segundo a entrevistada, de acordo com a informação passada pela médica Moema Santana, uma das maiores causas de acidentes com fogos é que as pessoas vão ascender fogueiras ou manejar os fogos de artifícios já alcoolizadas.

Recado

Portanto, o Sindimed orienta: brinquem o São Pedro em paz; Se for dirigir não beba e nem ascenda a fogueira.

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 99971-6742