RÁDIO SINDIMED A VOZ DO MÉDICO - EM BREVE.

PROGRAMAS ANTERIORES

PACIENTES DA UBS CÂNDIDA ALVES PARTICIPAM DO ATO PÚBLICO EM DEFESA DOS MÉDICOS DE ARACAJU

PACIENTES DA UBS CÂNDIDA ALVES PARTICIPAM DO ATO PÚBLICO EM DEFESA DOS MÉDICOS DE ARACAJU

A população que é atendida na Unidade Básica de Saúde (UBS) Cândida Alves, no bairro Santo Antônio participou na manhã desta terça-feira, 16, do Ato Público em defesa dos médicos de Aracaju que estão em greve há 89 dias; Eles pediam ao prefeito que negocie para que os médicos possam retornar aos seus postos de trabalho.

A concentração da manifestação foi na porta do Posto de Saúde. A população, além de dar depoimentos - todos em favor dos médicos - seguraram faixas, e entregaram panfletos à população que explica a verdade sobre a Greve dos Médicos de Aracaju. Os médicos inicialmente, foram proibidos pela gerência de panfletar na frente e dentro do posto, mas depois foi permitido.

A Guarda Municipal foi chamada com a intensão de barrar o ato, mas não conseguiu porque a população, apesar de estar inflamada, clamando 'Queremos Médicos", estava fazendo de forma respeitosa e pacífica, como toda manifestação realizada pelos médicos e Sindimed até o momento.

Os médicos que pleiteiam um reajuste de 2,94% e a implantação da Tabela Única para os médicos, tiveram a ‘GREVE DECRETADA LEGAL’, pela justiça, através do desembargador Diógenes Barreto e agora, aguardam o prefeito Edvaldo Nogueira chamar para negociar.

De acordo com o presidente João Augusto, “a população apoiou os médicos no sentido de fazer com que o prefeito Edvaldo Nogueira, receba, negocie, lance uma contraproposta para os médicos, com o objetivo de pôr um fim no impasse que já dura quase três meses”, frisa o líder sindical, salientando que essa foi a tônica dos usuários que são trabalhadores, e estão entendendo que o movimento grevista não é culpa dos médicos.

 

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 9971-6742