RÁDIO SINDIMED A VOZ DO MÉDICO - EM BREVE.

PROGRAMAS ANTERIORES

MÉDICOS DE ARACAJU PARTICIPAM DO ATO UNIFICADO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS

Insatisfeitos com a política econômica e administrativa do governo do prefeito Edvaldo Nogueira os servidores municipais marcaram uma paralisação por 48 horas, ou seja, nesta segunda-feira, 30 e terça-feira, 31. O Ato público que teve como concentração a praça General Valadão, em frente do prédio da Secretaria Municipal da Fazenda e da Procuradoria Geral do Municipal contou com a participação dos Médicos que já estou em greve desde o dia 20, e mantiveram na última assembléia no dia 26.

O ato durou pouco mais de três horas e meia, e ganhou as ruas do centro da cidade quando os servidores saíram em passeata pelos calçadões das ruas Laranjeiras e João Pessoa contornando pela avenida Rio Branco (rua da frente) e voltando à praça. Durante a passeata, líderes sindicais chamavam atenção da população que passava pela localidade sobre os descasos da Prefeitura com os servidores.

"O reajuste zero por dois anos consecutivos é algo que pesa no bolso do trabalhador de Aracaju, ainda mais a gente vendo que a Prefeitura aumentou os seus impostos e que no relatório do quadrimestre tem uma margem de folga para dar reajuste ao servidor. Estamos nos somando à este ato público às demais categorias que estão insatisfeitas ", relata o presidente do Sindimed João Augusto.

© Copyright 2015 - Rua Celso Oliva, 481 - Bairro 13 de Julho - Aracaju - Sergipe - Fone: (79) 3211-7575 / (79) 9971-6742